A paisagem pintada de tons amarelos e lilases proporcionaram o cenário perfeito para uma visita pelo «Mons Fuste: A Freita Antiga». Pelos trilhos do conhecimento, os cerca de 40 participantes, observaram a fauna e a flora, conheceram a geologia que nos diferencia e interpretaram o valioso património arqueológico que a Serra da Freita ostenta.

Ao inicio da tarde, ao som da concertina e das vozes caraterísticas do Rancho Folclórico de Provizende, os participantes foram convidados a interagir com as nossas gentes e a entrar na roda das nossas modas.

A visita interpretada decorreu no passado dia 23 de maio e foi orientada pela Técnica da AGA, Susana Bastos, e pelo Luís Alexandre, estudante de Arqueologia, na Universidade de Coimbra.